Compadecida

“Lá vem a Compadecida… Mulher em tudo se mete!”

A frase é machista. Muito. Mas foi dita por alguém de quem é esperado esse tipo de comportamento: o diabo em pessoa.

Essa Nossa Senhora foi feita por encomenda para minha madrinha, grande apoiadora do meu trabalho e que deu amigurumis de presente de Natal para a família toda.

Chama-la de Compadecida e utilizar essa frase para abrir o post se deu porque revi recentemente uma obra prima da TV globo, de quem não sou grande admiradora, mas temos que dar crédito quando é merecido. O Auto da Compadecida, peça de Ariano Suassuna, adaptado para mini série e depois para filme é definitivamente uma das melhores, senão a melhor coisa que a globo já fez. Desde as atuações até a fotografia, sem contar o texto, tudo é perfeito, na minha opinião.

Por isso o carinho por essa encomenda aumentou muito. Espero que gostem também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *