Pinocchio

Ao escolher os presentes de natal que fiz ao longo do ano passado, um dos possíveis critérios era fazer algo que eu e a pessoa presenteada tivéssemos em comum, algo que ambos gostássemos, ou que me foi apresentado pela pessoa em questão.

Para minha madrinha esse presente foi mais que especial. Quando era criança, costumávamos passear com ela, passar um dia fora na casa dela ou da mãe dela, ou ir ao cinema, passeios em geral. Eu sempre tive muito carinho pelas lembranças desses passeios.

Por isso, ao escolher o presente dela, escolhi um desses dias, um dia em que fomos a locadora de vídeos, e cada uma de nós escolheu um filme, eu, ela e minha irmã. A ideia era passar o dia vendo TV e comendo cachorro quente, um belo dia de couch potato, como diria Lorelay Gilmore. O filme que a madrinha escolheu foi Pinocchio.

Ela recebeu o presente e a história que contei dessa lembrança gostosa com muito carinho e me contou que até hoje ainda fica impressionada com a animação da baleia neste filme. Fiquei muito feliz que o presente foi recebido com o propósito que foi feito: Despertar uma lembrança gostosa e ser uma representação do meu carinho por ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *